Conectar-se

Esqueci minha senha

Quem está conectado
1 usuário online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 1 Visitante

Nenhum

[ Ver toda a lista ]


O recorde de usuários online foi de 7 em Dom Jun 12, 2016 12:02 am
Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Últimos assuntos


O que Exatamente Significa: Jesus é o Filho de Deus?

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

O que Exatamente Significa: Jesus é o Filho de Deus?

Mensagem por Marcelo Almoedo em Seg Jun 06, 2016 4:19 am

Bom dia


Então, minha pergunta é como os cristãos interpretam "Jesus"" o Cristo" é o "Filho de Deus"? O que exatamente isso significa? Eu noto que a resposta vai depender de cada  denominação em particular do cristianismo cujas opiniões estão sendo expressas. Espero que as respostas sejam explicações tomada a cada pontos de vista de qualquer grupo, desde que a denominação a que pertence seja claramente indicado.

Almoedo
avatar
Marcelo Almoedo

Mensagens : 158
Data de nascimento : 30/10/1953
Data de inscrição : 05/06/2016
Idade : 63
Localização : Recife- Pe

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O que Exatamente Significa: Jesus é o Filho de Deus?

Mensagem por Rasabino em Ter Ago 16, 2016 10:51 am

Bom dia Marcelo!

Seu questionamento faz sentindo, uma vez que o próprio Jesus também o faz:

E, chegando Jesus às partes de Cesaréia de Filipe, interrogou os seus discípulos, dizendo: Quem dizem os homens ser o Filho do homem?E eles disseram: Uns, João o Batista; outros, Elias; e outros, Jeremias, ou um dos profetas. Disse-lhes ele: E vós, quem dizeis que eu sou?E Simão Pedro, respondendo, disse: Tu és o Cristo, o Filho do Deus vivo.Mateus 16:13-16

Já a resposta não procede de nenhuma construção de raciocínios (elucubrações) ou mesmo de um estudo teológico, senão vejamos:

1º - A questão messiânica (Cristo)

2º - A questão da filiação

Existem ainda algumas lacunas a serem preenchidas no que diz respeito ao cumprimento das profecias messiânicas.

Rodearam-no, pois, os judeus, e disseram-lhe: Até quando terás a nossa alma suspensa? Se tu és o Cristo, dize-no-lo abertamente. João 10:24

És tu o Cristo? Dize-no-lo. Ele replicou: Se vo-lo disser, não o crereis; Lucas 22:67

Entendo que estas "lacunas" causavam dúvidas no aspecto messiânico. Se formos verificar ponto a ponto a questão messiânica de Jesus nas escrituras do AT teremos as mesmas dúvidas que os Judeus tiveram e assim chegaremos ao mesmo entendimento deles, que de Jesus não é o Cristo. No entanto, Jesus mesmo diz que este entendimento não vem por estudo sistemático das escrituras, porque o aspecto messiânico que nele queremos reconhecer não está ligado ao Estado nem a política judaica, mas sim a um messias universal:

E Jesus, respondendo, disse-lhe: Bem-aventurado és tu, Simão Barjonas, porque to não revelou a carne e o sangue, mas meu Pai, que está nos céus.Mateus 16:17

Jesus está afirmando que feliz é a pessoa que recebeu de Deus o Pai a revelação de quem Ele seja de fato, e não segundo os textos das escrituras e acrescenta uma ordem:

Então mandou aos seus discípulos que a ninguém dissessem que ele era Jesus o Cristo. Mateus 16:20

Faz sentido! Se reconhecer que Jesus é o Messias (Cristo) tem a ver com uma revelação espiritual é óbvio que isto se torna pessoal e intransferível, o que faz com que toda discussão em torno do assunto seja em vão, visto que textualmente falando existem pontos a serem confirmados:

Vendo, pois, aqueles homens o milagre que Jesus tinha feito, diziam: Este é verdadeiramente o profeta que devia vir ao mundo. Sabendo, pois, Jesus que haviam de vir arrebatá-lo, para o fazerem rei, tornou a retirar-se, ele só, para o monte. João 6:14,15

(Alguns criam por causa dos milagres, mas ainda não era este o fundamento para se acreditar na questão messiânica)

Mas há alguns de vós que não crêem. Porque bem sabia Jesus, desde o princípio, quem eram os que não criam, e quem era o que o havia de entregar. E dizia: Por isso eu vos disse que ninguém pode vir a mim, se por meu Pai não lhe for concedido. Desde então muitos dos seus discípulos tornaram para trás, e já não andavam com ele. Então disse Jesus aos doze: Quereis vós também retirar-vos? Respondeu-lhe, pois, Simão Pedro: Senhor, para quem iremos nós? Tu tens as palavras da vida eterna. E nós temos crido e conhecido que tu és o Cristo, o Filho do Deus vivente. João 6:64-69

Assim, o aspecto messiânico de Jesus não vem por estudo teológico, quem assim o faz não chegará a lugar algum.

Agora a questão da filiação:

Afirmar que Jesus é Filho de Deus diante de um Judeu é o mesmo que assinar um pedido de morte, por Jesus o fez e foi crucificado por causa desta afirmação.

Tudo por meu Pai foi entregue; e ninguém conhece quem é o Filho senão o Pai, nem quem é o Pai senão o Filho, e aquele a quem o Filho o quiser revelar. Lucas 10:22

Novamente temos o entendimento por revelação. De fato as questões bíblicas sempre estiveram ligadas a fé, e a pessoa de Jesus não poderia ficar de fora deste aspecto. O motivo e a explicação para isto está no entendimento acerca da missão que Ele veio cumprir:

Em verdade, em verdade vos digo que vem a hora, e agora é, em que os mortos ouvirão a voz do Filho de Deus, e os que a ouvirem viverão. João 5:25

Crer que Jesus é o Filho de Deus garante uma ressurreição. Aquele que não crer não pode ser ressuscitado. E esta fé pode colocar algumas pessoas diante da própria morte. Apesar de Pedro receber a revelação de quem Jesus era ele mesmo não cria:

Disse-lhe Pedro: Por que não posso seguir-te agora? Por ti darei a minha vida. Respondeu-lhe Jesus: Tu darás a tua vida por mim? Na verdade, na verdade te digo que não cantará o galo enquanto não me tiveres negado três vezes. João 13:37,38

O convencimento de que a revelação era uma verdade absoluta só veio depois da ressurreição de Jesus e por causa disto Jesus disse a todos os seus discípulos:

E oito dias depois estavam outra vez os seus discípulos dentro, e com eles Tomé. Chegou Jesus, estando as portas fechadas, e apresentou-se no meio, e disse: Paz seja convosco. Depois disse a Tomé: Põe aqui o teu dedo, e vê as minhas mãos; e chega a tua mão, e põe-na no meu lado; e não sejas incrédulo, mas crente. E Tomé respondeu, e disse-lhe: Senhor meu, e Deus meu! Disse-lhe Jesus: Porque me viste, Tomé, creste; bem-aventurados os que não viram e creram. João 20:26-29

Conclusão:

Os fatos que envolvem as questões messiânica e da filiação de Jesus são pontos ligados a revelação espiritual porque tem a ver com salvação. A salvação é um resultado do exercício da fé e por este motivo o reconhecimento da pessoa de Jesus vem por meio de revelação e fé.

Estando nós ainda mortos em nossas ofensas, nos vivificou juntamente com Cristo (pela graça sois salvos), E nos ressuscitou juntamente com ele e nos fez assentar nos lugares celestiais, em Cristo Jesus; Para mostrar nos séculos vindouros as abundantes riquezas da sua graça pela sua benignidade para conosco em Cristo Jesus. Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus. Efésios 2:5-8
avatar
Rasabino

Mensagens : 102
Data de nascimento : 11/08/1967
Data de inscrição : 23/06/2016
Idade : 49
Localização : Cianorte/PR

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum